É pedagoga, nascida na cidade do Rio de Janeiro, tem 69 anos.

Desde 1987, trabalha na Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, seção brasileira do International Board on Books for Young People – IBBY. A partir de 1989 assumiu a Secretaria Geral da instituição. Na função, é responsável pela administração da instituição e coordenação de projetos desenvolvidos pela FNLIJ e, em alguns, também por sua concepção, como é o caso do Concurso FNLIJ para Programas de Incentivo à Leitura, criado em 1994 e pioneiro no País e também do Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens, iniciado em 1999.

Desde 1992, coordena o processo de Seleção Anual da FNLIJ, criado em 1974, que culmina com o Prêmio FNLIJ para os Melhores Livros para Crianças e Jovens. Em 1997, coordenou a seleção de livros para o Programa Nacional Biblioteca da Escola.

Desde 1990, é responsável pela organização da presença da FNLIJ na Feira do Livro para Crianças de Bolonha, na Itália. De 1996 a 2002, concomitantemente ao trabalho na FNLIJ, fez parte da Comissão Coordenadora do Proler, Programa Nacional de Incentivo à Leitura, da Fundação Biblioteca Nacional, exercendo a sua coordenação. E, em 2003, dirigiu a Biblioteca Pública do Estado do Rio de Janeiro.

De 2000 a 2004, foi membro do Comitê Executivo Internacional do IBBY, exercendo a vice-presidência.

Em 2000, recebeu a Ordem do Mérito da Cultura, do Ministério da Cultura, por serviços relevantes prestados ao País na área da promoção da leitura e, 2002, a Ordem do Mérito Educativo, conferida pelo Ministério da Educação.

Em 2009, fez parte da criação do Movimento Brasil Literário -MBL, e compõe o seu Conselho Deliberativo, exercendo a sua presidência.

Antes de entrar para a FNLIJ , foi proprietária de uma loja de roupas, e depois de arte popular brasileira. Trabalhou em uma escola particular do Rio de Janeiro com projeto centrado na biblioteca, na literatura e no desenvolvimento da expressão criadora dos alunos e professores.